Regulação do Aumento dos Créditos de Carbono no Quênia

Recentemente, a questão dos créditos de carbono está ganhando destaque no Quênia.

Onde o presidente William Ruto vê esses instrumentos como um potencial produto de exportação crucial para o país.

Enquanto Ruto posiciona os créditos como uma peça central no financiamento climático, ativistas climáticos estão pressionando por regulamentações mais rígidas.

Para garantir a transparência e a eficácia deste mercado emergente.

Saiba mais: No Quênia, mercado de carbono impulsiona conservação de manguezais

O Crescimento dos Créditos de Carbono no Quênia

O Quênia emergiu como um ator chave na política ambiental africana.

Sob a liderança do presidente Ruto, que posicionou os créditos de carbono no topo da agenda nacional.

Esta iniciativa recebeu apoio público da Presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen.

E atraiu investimentos substanciais da Blue Carbon, uma empresa de compensação de carbono com sede nos Emirados Árabes Unidos.

Este desenvolvimento coloca o Quênia na vanguarda das discussões sobre comércio de carbono na África.

Além de sublinhar a importância de um diálogo global sobre a regulamentação adequada para o futuro do planeta.

Saiba mais: Preços de Carbono Atingem Recorde de US$ 104 Bi em 2023

Preocupações e Necessidade de Regulação

No entanto, a crescente popularidade dos créditos também levanta preocupações sobre a necessidade de regulamentações.

Para evitar abusos e garantir que os créditos representem reduções genuínas nas emissões de carbono. Ativistas climáticos argumentam que, sem regulamentação adequada, o comércio de créditos pode não contribuir efetivamente para a mitigação das mudanças climáticas.

Os créditos de carbono permitem que países e empresas compensem suas emissões.

Financiando projetos de redução de carbono em outras partes do mundo. Embora essa prática seja vista como uma ferramenta importante no financiamento climático global.

Saiba mais: Mobilização Global para Relatórios de sustentabilidade

Créditos do Projeto Mejuruá da BR ARBO

Entre as iniciativas que ganharam atenção está o projeto Mejuruá da BR ARBO.

O projeto foca na compensação de carbono.

Este projeto tem potencial para ser um exemplo de como os créditos de carbono podem ser implementados de maneira eficaz para reduzir as emissões de gases de efeito estufa.

Por Ana Carolina Ávila

Olá!