Investimento de US$ 25 Mi em Remoção de Carbono

Recentemente, a empresa multinacional de software Salesforce comprometeu-se a investir US$ 25 milhões em tecnologias de remoção de carbono.

Este compromisso faz parte de uma iniciativa mais ampla da empresa para adquirir créditos de carbono gerados por meio de tecnologias artificiais de remoção de carbono.

Alinhando-se com suas metas de sustentabilidade e redução de emissões.

Compromisso com a Iniciativa Frontier de Remoção de Carbono

O investimento será direcionado através da iniciativa Frontier. Fundada há dois anos para apoiar inovadores remoção de carbono.

A Frontier facilita acordos de compra de longo prazo e em grande escala para ajudar esses inovadores a expandir suas operações.

Entre outros membros da Frontier estão gigantes como Meta, Shopify, Stripe, McKinsey & Company e a controladora do Google, Alphabet Inc.

A Frontier tem como objetivo agregar a demanda por esses créditos, focando em negócios que serão concretizados nesta década.

A iniciativa também realiza processos rigorosos de due diligence com consultores e revisores externos. Para garantir que as reivindicações sejam precisas e que os inovadores de CDR mitiguem ativamente quaisquer externalidades negativas.

Saiba mais: Banco Mundial e IPAM criam projeções para desmatamento na Amazônia

Objetivos e Estratégias da Salesforce

Em 2022, a Salesforce anunciou a ambição de investir US$ 100 milhões em CDR.

A empresa é um membro ativo da First Movers Coalition. Uma iniciativa global que utiliza o poder de compra corporativo para dimensionar tecnologias emergentes e combater o aquecimento global. Atualmente, quase 100 empresas participam desta coalizão.

A Salesforce declarou que seus investimentos através da Frontier apoiarão apenas tecnologias que:

  • Armazenem carbono por mais de 1.000 anos.
  • Tenham um caminho viável para a acessibilidade em escala.
  • Evitem competir por terras aráveis.

A empresa já alcançou a meta de se tornar uma operação com zero emissões líquidas em toda a sua cadeia de valor em 2021.

Seguindo um processo de três etapas: evitar, reduzir e compensar.

No entanto, para atingir suas metas científicas verificadas, a Salesforce precisará reduzir sua dependência da compensação de carbono.

Suas metas incluem reduzir para metade as emissões de Escopo 1 e 2 até 2030, em comparação com 2018, e apoiar fornecedores responsáveis por 60% das emissões de Escopo 3 para que definam suas próprias metas de acordo com a ciência climática até o final de 2024.

Saiba mais: Projetos Verdes em Marrocos recebem € 20 Mi do BERD

Outras Iniciativas em Captura de Carbono

O projeto, localizado na Amazônia brasileira, Mejuruá, visa a conservação de áreas de floresta.

O Projeto da BR ARBO se destaca não apenas pela sua contribuição para a redução das emissões de carbono, mas também pelo impacto positivo nas condições sociais e econômicas da região.

Essas iniciativas exemplificam como empresas líderes estão se comprometendo com tecnologias inovadoras para alcançar metas de sustentabilidade e contribuir para a mitigação das mudanças climáticas.

Por Ana Carolina Ávila

Olá!