Fundo Amazônia Destina R$ 318 Mi para AMAS

O Fundo Amazônia destinará R$ 318,5 milhões para o Plano Amazônia: Segurança e Soberania (AMAS).

Com o objetivo de intensificar o combate ao crime organizado na região.

O anúncio foi feito pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Lewandowski, e pelo presidente do BNDES, Aloizio Mercadante, em uma cerimônia realizada no Palácio do Planalto.

O Plano AMAS visa fortalecer a segurança e a soberania na Amazônia.

Focando na capacitação de profissionais de segurança federais e locais.

O investimento também será direcionado para ações de inteligência e fiscalização. Incluindo a aquisição e aluguel de equipamentos como helicópteros de médio porte, lanchas blindadas e viaturas.

Saiba mais: Banco Mundial e IPAM criam projeções para desmatamento na Amazônia

Impactos do investimento do Fundo Amazônia

Um dos principais objetivos do plano é a estruturação e o aparelhamento do Centro de Cooperação Policial Internacional (CCPI-Amazônia) em Manaus.

Além disso, o plano busca integrar a Companhia de Operações Ambientais (COA). Uma unidade da Força Nacional especializada no combate ao desmatamento, para atuar de maneira mais eficaz na região.

Os estados do Amazonas, Mato Grosso e Roraima, que foram os mais afetados pelo desmatamento no terceiro mês do ano, serão diretamente beneficiados pelas ações do Plano AMAS.

A expectativa é que o reforço na segurança e a intensificação do combate ao crime organizado ajudem a reduzir o desmatamento.

Além de a proteger as terras indígenas e áreas de conservação ambiental.

Saiba mais: Bioma Amazônia

Projeto Mejuruá da BR ARBO

Enquanto o Plano AMAS se foca no combate ao crime organizado, iniciativas como o Projeto Mejuruá da BR Arbo estão voltadas para a geração de créditos de carbono.

Através da conservação e manejo sustentável das florestas amazônicas.

Este projeto contribui para a mitigação das mudanças climáticas. Promovendo a preservação do ecossistema e o desenvolvimento socioeconômico das comunidades locais.

Utilizando tecnologias avançadas, o Projeto assegura a integridade dos créditos, alinhando-se aos esforços de sustentabilidade na Amazônia.

Saiba mais: Fundo Amazônia destina R$ 318 milhões para combate ao crime organizado

Por Ana Carolina Ávila

Olá!