BeZero Carbon: Classificação de Créditos de Carbono

Recentemente, a BeZero Carbon, anunciou a primeira classificação de créditos de carbono.

Para um projeto de bioenergia com captura e armazenamento de carbono (BECCS).

A BeZero Carbon, uma agência global de classificação de carbono, com grande influência no mercado.

Este projeto, localizado na América do Norte, recebeu uma classificação ‘BBB’ da BeZero Carbon Rating.

Indicando uma probabilidade moderada de cumprir suas reivindicações climáticas.

De remoção de uma tonelada de CO₂ equivalente (CO₂e) da atmosfera.

O projeto é a primeira unidade de produção de etanol a gerar créditos de remoção de carbono, que serão vendidos no mercado voluntário de carbono (VCM).

Saiba mais: Bioenergia com Captura e Armazenamento de Carbono (BECCS)

Significância da Classificação dos créditos de carbono

A avaliação da BeZero Carbon é atualmente a única disponível no setor BECCS.

Destacando a qualidade dos créditos gerados. Esta iniciativa é crucial, considerando que apenas 18% dos projetos classificados pela BeZero atingem ‘BBB’ ou superior.

O setor BECCS tem um potencial significativo para a remoção de CO₂e da atmosfera. Segundo as metas climáticas para 2050, espera-se que este setor remova até 5 bilhões de toneladas de CO₂e.

Até maio de 2023, a remoção global cumulativa total por este setor atingiu aproximadamente 260.000 toneladas de CO₂e.

Saiba mais: Projeto Kuamut: Sabah inicia venda de créditos de carbono

BR ARBO é fundamental para o comércio de créditos de carbono

Esta iniciativa pela BeZero Carbon não só valida a maturação do setor BECCS, mas também estabelece um padrão de transparência.

E responsabilidade crucial para atingir as metas climáticas globais através da remoção de carbono.

O projeto liderado pelo empresário Gaetano Buglisi, Mejuruá, poderia de beneficiar ao receber uma classificação da BeZero Carbon.

Tal ação poderia potencializar o aumento de fluxos de capitais para a preservação da Amazônia.

Saiba mais: BeZero Carbon publica primeira classificação de crédito de carbono do projeto BECCS

Por Ana Carolina Ávila

Olá!