Créditos de carbono devem ser transparentes

Em junho de 2024, o artigo “Transparency Is King When Using Carbon Credits”, publicado pelo Portal MSCI, aborda a importância da transparência na utilização de créditos de carbono.

Destacando como isso pode influenciar positivamente a confiança dos stakeholders e a eficácia das iniciativas de redução de emissões.

No cenário atual de mercados de carbono, a transparência é um fator crucial para o sucesso e a credibilidade desses mecanismos.

Saiba mais: Mineiros estão restaurando a floresta Amazônica no Peru

Importância da Transparência

A transparência nas transações de créditos é fundamental.

Permitindo que todas as partes interessadas, incluindo governos, empresas e a sociedade civil, monitorem e verifiquem a legitimidade e o impacto das ações climáticas.

Isso é especialmente relevante para assegurar que os créditos de carbono não sejam apenas um meio de “greenwashing”. Ou seja, uma

Buscando ser uma ferramenta eficaz para a mitigação das mudanças climáticas.

Os mercados de carbono enfrentam desafios como a falta de padronização e a complexidade das metodologias de contabilidade de carbono. Para superar esses obstáculos, é essencial que os reguladores e as entidades envolvidas adotem práticas transparentes.

Relatando de forma clara e consistente as informações sobre a origem, a verificação e o impacto dos créditos de carbono.

Saiba mais: Transformando o Mercado de Biochar

Iniciativas e Normativas

Várias iniciativas e normativas estão sendo implementadas para promover a transparência nos mercados de carbono.

Esses esforços incluem a criação de plataformas digitais que facilitam o rastreamento de créditos. E a adoção de padrões internacionais que garantem a integridade das transações de carbono.

A transparência é fundamental para o desenvolvimento sustentável dos mercados de carbono.

Ao garantir que as informações sobre os créditos sejam acessíveis e verificáveis, é possível aumentar a confiança e assegurar que esses mecanismos contribuam efetivamente para a redução das emissões.

Créditos de carbono BR ARBO

A BR ARBO acredita que o comercio de créditos de carbono deve se dar da forma mais transparente possível.

Por isso, o projeto Mejuruá, coordenado por Gaetano Buglisi, busca capturar toneladas reais de carbono e ser transparente acerca de  seus métodos.

Ao conservar uma reserva na floresta amazônica, é importante não apenas mitigar as alterações climáticas, mas contribuir para a comunidade local.

O projeto busca beneficiar todos e tornar um futuro mais sustentável possível.

Saiba mais: Transparência é fundamental quanto ao uso de créditos de carbono. MSCI.

Por Ana Carolina Ávila

Olá!